Temer condena cartéis em postos de combustíveis

O presidente Michel Temer confirmou na última semana que determinou ao CADE (Conselho de Administrativo de Defesa Econômica) e à Polícia Federal que investiguem postos de combustíveis suspeitos de manipulação de preços e formação de cartel. E queixou-se da elevação dos preços no gás de cozinha, adiantando que seu governo está “examinando uma fórmula para compensar este aumento para os mais pobres” que deverá ser anunciada em uma ou duas semanas, sem citar, contudo, que tipo de medida será adotada.

Temer fez questão, mais uma vez, de dizer que foi o seu governo que recuperou a Petrobrás, cuja marca se tornou “um palavrão” por conta dos problemas ocorridos no governo passado.

Fonte: Estadão