Tianjin vence o 5º jogo seguido depois de demitir Luxemburgo

luxaA demissão de Vanderlei Luxemburgo fez muito bem ao Tiajin Quanjian, time da segunda divisão chinesa. O treinador caiu há um mês, após ficar seis partidas sem vitória. Dona de um investimento maior do que todos os rivais somados, a equipe estava perto da lanterna do campeonato e a 10 pontos do vice-líder. Um mês depois, o Tianjin só sabe o que é vencer.

Sob o comando do italiano Fabio Cannavaro, são cinco vitórias em cinco jogos – quatro pelo Campeonato Chinês e uma pela Copa da China. Com os 12 pontos conquistados, Jadson, Luís Fabiano e Geuvânio viram o Tianjin pular para 28 pontos, na quarta colocação, a apenas três pontos do líder Qingdao Huanghai. O segundo colocado, o Guizhou Zhicheng, tem 30.

A última vitória foi a mais convincente: 5 a 1 no primeiro colocado, com dois gols de Luís Fabiano, dois de Xuri Zhao e um de Ke Sun. Jadson ainda deu dois passes para gol.

A reação do Tianjin só reforça a tese de Luxemburgo de que havia um boicote dos chineses em relação ao seu trabalho. O brasileiro chegou a contar para os mais próximos que, além dos jogadores locais, havia problemas com membros da comissão técnica. Até o tradutor estaria atrapalhando.

De qualquer maneira, a passagem pela China fez de Luxemburgo mais uma vez um milionário, depois de uma série de problemas com a falta de dinheiro. O treinador recebeu R$ 12 milhões de luvas e tinha salário de R$ 3 milhões por mês. Para não ter de pagar a multa rescisória de R$ 40 milhões, o dono do Tianjin combinou de continuar pagando os R$ 3 milhões mensais a Luxemburgo até dezembro, quando acaba o vínculo.

Os jogos do Tianjin sem Luxemburgo:
Tianjin 1 x 0 Hubei Huakaier
Tianjin 2 x 1 Guizhou Toro
Meizhou Kejia 1 x 3 Tianjin
Tianjin 3 x 1 Liaoning*
Tianjin 5 x 1 Qingdao Hainiu