Trump quer banir entrada de muçulmanos nos EUA

Da redação

Foto: Divulgação/Polícia Local
Foto: Divulgação/Polícia Local

O atentado que aconteceu na Flórida deixando 49 mortos em uma boate no último domingo (12), mudou a campanha presidencial dos Estados Unidos com relação a temas como o acesso a armas e políticas de imigração para o centro dos debates entre os candidatos.

O candidato do Partido Republicano Donald Trump propôs então o fim temporário da imigração de muçulmanos para os Estados Unidos. Já a candidata democrata Hillary Clinton, adotou discurso de diálogo com os imigrantes e com a comunidade muçulmana para evitar ataques terroristas no futuro.

Em discurso no estado de New Hampshire, Trump disse que a política migratória dos Estados Unidos é administrativamente incompetente. Ele também criticou a candidata democrata Hillary Clinton por se recusar a chamar os radicais muçulmanos de “terroristas”.