Vacina pretende combater a gripe canina

Da redação

Reprodução/IG

Cientistas da “University of Rochester School of Medicine and Dentistry”, nos EUA, desenvolveram pela primeira vez duas novas vacinas para cachorros que previnem a gripe. A pesquisa é importante não apenas para melhorar a saúde dos cães, mas para mantê-los protegidos.

Atualmente, os veterinários utilizam vacinas para cachorros que incluem vírus da gripe que estejam inativos ou mortos, mas alguns estudiosos dizem que isso gera uma proteção a curto prazo apenas. Isso acontece porque cachorros que já foram infectados por variados vírus da doença têm o potencial de ficarem resistentes à ele, podendo inclusive contaminar humanos.

Sabendo disso, cientistas criaram duas vacinas mais “leves” contra o vírus canino H3N8 influenza, que garantem uma resposta imunológica mais rápida e por um período maior de proteção dos cães quando comparada com as utilizadas comercialmente. A ideia é ser uma vacina que faça efeito no nariz, já que o focinho é o primeiro lugar por onde o vírus entra.

O grupo planeja testar as duas vacinas em cachorros e a esperança é de que elas impeçam a dispersão da gripe em abrigos e em canis, além de evitar a transmissão para os humanos. Não permitir que seu cachorro compartilhe água, comida e brinquedos é uma das maneiras alternativas de prevenir a gripe, já que a doença é passada de cão para cão.  Qualquer mudança ou sintomas diferentes, não deixe de levar seu cão no veterinário ou de considerar a vacina para cachorros que ajuda e muito.

*Informações IG