Proposta que tramita na Câmara de Santo André sugere ao Executivo, sob comando do prefeito Paulo Serra (PSDB), buscar parceria com a APCD (Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas), regional do município, para realização de tratamento destinado a pacientes em reabilitação da Covid-19 na cidade.

A indicação foi protocolada, na semana passada, pelo vereador Marcos Pinchiari (PSDB) e prevê que a administração faça parceria com os cirurgiões para que realizem tratamento bucal, pois, conforme estudo que balizou a indicação, pacientes entubados apresentam sequelas na região da boca, como alterações nas glândulas salivares, perdas dentais e outras doenças.

“Indicamos ao senhor prefeito municipal que seja analisada a realização de parceria com a Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas – regional de Santo André – com objetivo de promover atendimento odontológico aos pacientes em condição de tratamento pós-Covid”, sustenta a propositura do parlamentar. Dentista, o vereador baseou a ideia em projeto semelhante já implementado na Capital.

MODALIDADES
Pinchiari explica que, na indicação, há duas modalidades que podem ser exploradas pelo Executivo. A primeira seria o Executivo firmar parceria com a associação e, assim, contratar grupo de dentistas que atuariam no atendimento dos pacientes em recuperação de infecção com o novo coronavírus.

De acordo com o parlamentar, a segunda possibilidade envolveria participação de profissionais de maneira voluntária. “Caso a Prefeitura não tenha condições de firmar esta parceria devido a comprometimento financeiro, um grupo de dentistas voluntários poderia atender até mesmo em seus consultórios particulares”, avaliou o vereador. O parlamentar ainda alegou que a administração passaria lista com pacientes que ficaram internados e tiveram alta.

Para o vereador e líder de governo na casa, Professor Jobert Minhoca (PSDB), a indicação feita por Pinchiari “é muito bem-vinda”.

“Vemos com bons olhos. Isso vai intensificar muitos trabalhos no pós-pandemia. O pessoal que foi entubado, que ficou muito tempo (internado) e como o vereador mesmo explicou, como especialista na área, vejo com bons olhos. Tenho certeza que outras categorias poderão se colocar à disposição para ajudar, como psicólogos, nutricionistas e assistentes sociais, por exemplo”, declarou.

DGABC

Deixe uma resposta