Viação Ribeirão Pires volta a circular; Eaosa mantém 11 linhas paralisadas

Da redação

Campinas_-_Rodoviária_001Após reunião, motoristas e cobradores da Viação Ribeirão Pires, que pertence ao mesmo grupo da Eaosa, e que também estavam em greve desde terça-feira decidiram voltar ao trabalho após assembleia no Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC.

Em nota, a Eaosa disse que o salário de junho está atrasado. Segundo a empresa, a Emtu não tem repassado o subsídio que garante a gratuidade para estudantes e idosos.

A paralisação da Eaosa afeta cerca de 15 mil passageiros, que utilizam o transporte público para se locomover entre Mauá e Santo André, além da ligação com São Paulo.