Vírus H1N1 provoca mais uma morte em SBC

h1n1Da redação

Após confirmação da Prefeitura de São Bernardo do Campo sobre a sétima morte no município, a região do ABC contabiliza 23 óbitos pelo vírus Influenza A, apenas neste ano. Porém, a prefeitura não deu detalhes sobre quando a vítima faleceu, sexo ou idade.

Santo André ainda desponta como a cidade da região com o maior número de vítimas fatais (dez). Em seguida vem São Bernardo do Campo (sete), Mauá (quatro), Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra com uma morte cada uma. Já São Caetano e Diadema ainda não registraram nenhum óbito.

Apesar dos números, as prefeituras garantem que já ultrapassaram a meta de vacinar 80% dos grupos prioritários: crianças entre seis meses e menores de cinco anos, doentes crônicos mediante laudo médico, idosos, gestantes, trabalhadores da saúde e indígenas.