Início Política ABC Consórcio ABC participa de evento do programa internacional da União Europeia

Consórcio ABC participa de evento do programa internacional da União Europeia

Encontro virtual com plenárias e workshops abordou, entre outros temas, formas de obter financiamento para projetos

 

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC participou nesta semana do evento “Cidades Olhando Para o Futuro”, promovido pelo Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC), iniciativa da União Europeia.

Realizado por videoconferência, o encontro abordou como a cooperação entre o bloco europeu e a América Latina e o Caribe pode ajudar as cidades a transformarem desafios comuns em oportunidades para um futuro sustentável.

Iniciado na terça-feira (6/10), o evento contou com plenárias e painéis com orientações sobre como as cidades podem participar da nova etapa do IUC, obter financiamento para projetos e avançar seus objetivos em tópicos-chave de desenvolvimento urbano sustentável.

No primeiro dia do encontro, representantes do Consórcio ABC acompanharam um painel sobre eficiência energética em edifícios, com estudos de casos práticos para melhorar a qualidade e a sustentabilidade nos centros urbanos.

Nesta quarta-feira (7/10), a entidade regional participou de um painel que abordou o conceito de mobilidade inteligente, com uma apresentação da Polis, principal rede de cidades e regiões europeias que trabalham em conjunto para desenvolver tecnologias e políticas inovadoras para o transporte local.

O Consórcio ABC também participou de um painel sobre economia circular, que teve como objetivo orientar as cidades para conseguir um desenvolvimento econômico alinhado a prioridades como moradia e transporte, com benefícios econômicos, ambientais e sociais.

 

O presidente do Consórcio ABC e presidente de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, ressaltou a importância da continuidade do intercâmbio com o bloco europeu.

“A cooperação internacional com a União Europeia é muito benéfica para o Grande ABC, pois traz uma oportunidade para as sete cidades entrarem em contato com diferentes formas de implementar políticas públicas e desenvolverem ações com parceiros internacionais”, afirmou Maranhão.

Deixe uma resposta