Início Cidades Governo do Estado anuncia 20 leitos de UTI para Diadema

Governo do Estado anuncia 20 leitos de UTI para Diadema

Metade dos leitos estará sob gestão municipal, melhorando a estrutura de atendimento a pessoas com suspeita e confirmação de covid-19

 

A estrutura de atendimento para pacientes com covid-19 do município de Diadema ganhará reforço. Na manhã desta terça-feira (9/6), o secretário estadual de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, garantiu a ampliação de 20 leitos de UTI para a cidade, sendo 10 sob gestão municipal e 10 localizados no Hospital Estadual, durante a reunião com municípios da região, via Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Assim, Diadema aumentará de 30 para 40 leitos de UTI exclusivos para covid-19 sob gestão municipal. O Hospital Estadual, também conhecido como Hospital Serraria, passará de sete para 17 leitos de UTI. A medida faz parte da ampliação 25 de leitos de UTI na região do Grande ABC, acordada entre estado e região do Grande ABC. Rio Grande da Serra terá mais cinco leitos de UTI e 12 de baixa complexidade.

Para o prefeito de Diadema, Lauro Michels, a ampliação dos leitos é um avanço e vai melhorar as condições para que o município atinja a faixa laranja, que permite a reabertura gradual da economia. “Respeitamos a doença e sabemos o perigo que ela representa. Todos têm a sua responsabilidade no enfrentamento à covid-19. A Administração está trabalhando para melhorar a cada dia a estrutura de atendimento e contamos com a população na adoção de medidas de prevenção”, afirmou.

A Secretaria de Saúde está definindo onde serão instalados os novos leitos, que contarão com respiradores enviados pelo Estado. O documento com o detalhamento do custeio foi protocolado junto ao governo do estado para repasse da implantação, aquisição de equipamentos e custeio mensal de recursos humanos, materiais e medicamentos.

“Diadema avançará na estruturação da rede municipal de saúde com a ampliação dos leitos. Só na rede pública de Diadema (municipal e estadual), teremos novos 57 leitos de UTI para covid-19. É importante frisar que todos os pacientes que precisaram, até agora, de atendimento ou mesmo internação de baixa ou de alta complexidade para covid-19, teve garantido o acesso aos serviços no SUS. Infelizmente, mesmo com o acesso garantido, temos perdido vidas para este vírus. Mas a guerra não acabou e vamos vencê-la”, ressaltou o secretário adjunto de saúde de Diadema, Flavius Albieri.

Correção

Nesta semana, o governo do estado revisou o cadastro dos leitos de UTI e incluiu também o número de leitos particulares, o que melhora a taxa de ocupação e, consequentemente, aproxima Diadema da faixa laranja. Hoje, a taxa de ocupação das UTI é de 85%.

Casos

De acordo com o Boletim Epidemiológico COVID-19 desta terça-feira, registra 1.674 casos confirmados, 1.342 descartados e 3.596 casos suspeitos em andamento. Até o momento, foram 155 casos de óbitos confirmados, 17 em investigação e 82 suspeitos foram descartados.

Deixe uma resposta