Embora os números relacionados à Covid em Mauá comecem a registrar tendência de queda, a pandemia está longe de acabar. Por isso, a Prefeitura de Mauá mantém as equipes de fiscalização nas ruas para coibir medidas que atentem contra a saúde pública e também prejudicam o combate à disseminação do coronavírus.

Desde o começo do ano foram realizadas 3.880 vistorias, as quais geraram 212 autuações, 510 termos de intimação por descumprimento de normas sanitárias e 35 interdições.

combater a propagação da Covid

Agentes da GCM (Guarda Civil Municipal) e de secretarias como Saúde e Planejamento atuam todos os dias em rondas ou então em atendimento a denúncias.

Apenas no último fim de semana foram 168 inspeções, 12 termos de intimação para orientar sobre horários e uso de fumígenos (quase sempre narguilés). A cidade segue o Plano São Paulo, que permite funcionamento até as 23h, respeitando o limite de 60% da capacidade de ocupação.

Dois estabelecimentos descumpriram o horário limite para se manter abertos. Um deles, localizado no Jardim Zaíra, era reincidente e foi lacrado pela fiscalização. Já o outro, situado na Vila Vitória, cumpriu a determinação dos agentes e encerrou as atividades do dia.

De acordo com na Rua Rio de Contas, no Jardim Oratório, baile funk clandestino com cerca de 250 pessoas foi dispersado com uso de armas não letais. A GCM apreendeu veículo utilizado para tocar a música durante a festa. O carro recolhido ao pátio municipal.

Deixe uma resposta