Início Política ABC Orlando Morando visita futuro Centro Logístico da Scania em São Bernardo

Orlando Morando visita futuro Centro Logístico da Scania em São Bernardo

Localizado no bairro Demarchi, empreendimento vai ficar pronto no fim deste ano e gerar 400 empregos

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), visitou nesta quarta-feira (28/10) o futuro Centro Logístico da montadora Scania, que até o fim deste ano será concluído no bairro Demarchi.

A estrutura somará mais 60 mil metros quadrados, desenvolvidos em um terreno de mais de 100 mil metros quadrados, com um investimento de aproximadamente R$ 250 milhões. Atualmente, 400 profissionais diretos têm trabalhado na obra, prevista para a conclusão até o fim deste ano, quando outras 400 vagas de empregos serão preenchidas.

Em dezembro do ano passado, o presidente e CEO e presidente da Scania Latin America, Christopher Podgorski, anunciou o projeto de logística ao lado do prefeito Orlando Morando, detalhando que o Centro ficará a cinco quilômetros de distância da planta da montadora. O objetivo da montadora é melhorar a qualidade e a segurança em relação aos caminhões produzidos, e visando a melhora da sustentabilidade ambiental do novo equipamento.

“Enquanto tem muita gente falando de crise, aqui a palavra de ordem é trabalho. Trata-se de uma importante conquista, comprovando a credibilidade recuperada pelo município, para investimento. Abertura de novos empregos, mais economia e desenvolvimento econômico”, destacou Morando.

Uma das plataformas priorizadas por Orlando Morando foi o desenvolvimento econômico, com ênfase a manutenção e abertura de postos de trabalho. Em 2017, instituiu a inédita Lei de Incentivo Fiscal, que garante redução no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), para a empresa que gerar novos empregos na cidade. A porcentagem é gradual, mediante a geração de empregos.

A visita ao futuro empreendimento da Scania foi acompanhada pelo diretor da VBI Real Estate, Alexandre Bolsoni, responsável pelo desenvolvimento do planejamento e pelo diretor de Obras da Construtora Ribeiro Caram, Afonso Martins.

Deixe uma resposta