Início Esporte Piloto Miguel Quiroga tinha problemas na justiça

Piloto Miguel Quiroga tinha problemas na justiça

Da redação

Foto: Reprodução/UOL
Foto: Reprodução/UOL

O piloto boliviano Miguel Quiroga, que comandava o avião da companhia aérea LaMia, que caiu na última terça-feira em viagem que levaria a delegação da Chapecoense à Colômbia, matando 71 pessoas, estava sendo processado na Bolívia e tinha ordem de prisão decretada por ter deixado a Força Aérea.

De acordo com o ministro, Quiroga e outros quatro militares que deixaram a Força Aérea estão sendo processados por essa razão, mas conseguiram evitar a prisão apresentando recursos à Justiça.

Os pilotos militares assumem o compromisso de não saírem da Força Aérea até cumprir os anos de serviço estipulados. Apenas casos excepcionais permitem à baixa. No de Quiroga, porém, não havia justificativa para a saída.

Deixe uma resposta