Foto: Ricardo Cassin

Espaço localizado ao lado da sede da instituição, no bairro Assunção, proporcionará ampliação das atividades voltadas a jovens aprendizes

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, assinou na última sexta-feira (16) a concessão de uso real, pelo período de 30 anos, de área de 4.727 metros quadrados ao CAMP SBC, instituição que realiza trabalho de formação e integração social de jovens no município. O terreno, localizado ao lado da sede principal da entidade, no bairro Assunção, permitirá a ampliação das atividades desempenhadas com o projeto de jovens aprendizes.

A assinatura ocorreu no gabinete do prefeito, no Paço Municipal, e contou com a participação do presidente do CAMP SBC, Luiz Antonio Novi, e da secretária-chefe de Gabinete da Prefeitura, Dra. Márcia Gatti Messias. “É uma alegria poder colaborar com uma instituição tão importante e que vem desenvolvendo trabalho sério junto aos nossos jovens. A Prefeitura mantém uma política contínua de estimulo à educação em São Bernardo”, destaca o prefeito Orlando Morando.


Para o presidente do CAMP SBC, Luiz Antonio Novi, a concessão do espaço possibilitará a execução de projeto de ampliação da unidade, com a construção de arena multiuso. “Já temos um projeto aprovado pelo conselho e esperamos começar as obras em breve. A meta é inaugurar essa arena em julho do próximo ano, quando o CAMP SBC completará 50 anos de atividades”, comenta.

Conforme a Lei Municipal 6.943, de 3 de dezembro de 2020, que dispõe sobre a concessão de direito real de uso de próprio municipal ao CAMP SBC, a área cedida deverá ser usada exclusivamente para a manutenção das atividades assistenciais e educacionais já desenvolvidas pela instituição. Atualmente, o CAMP SBC conta com 800 aprendizes, tendo capacidade para receber até 2.000. Nos últimos 49 anos, a instituição beneficiou cerca de 50 mil aprendizes.

SOBRE O CAMP SBC – Fundado em 19 de julho de 1972 por rotarianos de São Bernardo, o CAMP SBC tem a função de assistir jovens em situação de vulnerabilidade social. Por meio de serviços, projetos e programas, os adolescentes contam com apoio educacional, psicossocial, além de formação técnica voltada ao mercado de trabalho.

Deixe uma resposta