Instituído no início da pandemia da Covid-19, o programa Cartão Merenda – que viabiliza  mensalmente R$ 85 a sendo assim  cada um dos 82 mil alunos da rede municipal para a compra de alimentos –  disponibilizado nesta quinta-feira (15/07), contabilizando 16 recargas aos beneficiários.De acordo com ao todo, são investidos em torno de R$ 7 milhões por mês pela Prefeitura de S Bernardo, que vão diretamente aos 70 mil cartões magnéticos, já distribuídos aos pais e responsáveis de cada estudo no município. Ainda mais em famílias com mais de uma criança matriculada, o valor e cumulativo.

 

Contudo o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, destacou que o programa Cartão Merenda vai perdurar até a retomada por completo das aulas presenciais na cidade. Acima de tudo “Esta foi mais uma das ações emergenciais que elaboramos e colocamos em prática para o auxílio de todos. Vamos manter até o retorno total das nossas crianças nas escolas”.

Desde a 17/05, as aulas presenciais na rede pública, municipal e estadual  retomadas no município; sob as condições de atendimento escalonado e ocupação máxima de até 35% dos estudantes matriculados; durante Fase de Transição do Plano São Paulo, do Governo do Estado; além disso  de adoção de protocolos para manter o distanciamento social e a higienização das mãos e materiais dentro dos ambientes escolares.

“Para garantir a proteção de alunos e profissionais da Educação, a rede municipal proporcionou um amplo planejamento deixando o processo seguro para todos. Ainda estamos neste processo gradual e avançando muito bem”, afirmou a secretária de Educação de São Bernardo, Silvia Donnini.

Deixe uma resposta