Início Política ABC Programa ‘Todos pela Cultura’ de São Caetano é fonte de renda para...

Programa ‘Todos pela Cultura’ de São Caetano é fonte de renda para profissionais do setor

Por meio de políticas públicas de fomento ao segmento, trabalhadores da classe artística têm a oportunidade de se adaptar e realizar suas atividades de maneira remota. Os Entes Públicos da área da Cultura de São Caetano do Sul não têm poupado esforços para assegurar o direito à fruição cultural à população, promovendo a ampliação do acesso a bens e serviços do setor no município especialmente em um momento que exige medidas de cautela, como o distanciamento social, frente ao risco de contágio pela covid-19.

Com o programa “Todos pela Cultura”, de iniciativa da Prefeitura de São Caetano do Sul, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) e do Conselho Municipal de Política Cultural (Concult), o segmento que teve suas atividades diretamente impactadas pelas medidas restritivas adotadas no período vigente, tem a possibilidade de retomar suas atividades e de divulgar seus trabalhos de forma interativa com o mundo.

São apresentações virtuais de performances artísticas e práticas que proporcionam a realização de atividades de maneira remota, para os públicos adulto e infantil. As apresentações podem ser acessadas integral e gratuitamente por meio do Mapa Cultural São Caetano: mapacultural.saocaetanodosul.sp.gov.br/projeto/3442 e no Facebook da Secult: facebook.com/agendaculturalscs.

No momento, 34 projetos estão no ar, em linguagens como artes visuais, música, teatro, circo, dança, livro e leitura, artesanato, audiovisual, dentre outras.

FUNCULTURA

O investimento do projeto é proveniente exclusivamente de recursos do Fundo Municipal de Cultura (Funcultura), que foi regulamentado na atual gestão e passou a ter aporte de recurso orçamentário da Prefeitura, bem como o direcionamento de receitas geradas nos eventos realizados pelo município. Em março de 2020, o Fundo somava R$ 639 mil, tendo contribuído com R$ 500 mil para ações de combate à Covid-19.

O edital de credenciamento dos projetos, exclusivo para artistas de São Caetano do Sul, foi proposto e aprovado pela Secult, Conselho Municipal de Política Cultural (Concult) e pela comissão gestora do Funcultura. Foram 102 projetos inscritos por 66 proponentes, dos quais 91 aprovados de 57 proponentes. Cada uma das propostas contempladas recebe cachê no valor de R$ 500.

No momento, mais de 35 projetos estão no ar, em linguagens como artes visuais, música, teatro, circo, dança, livro e leitura, artesanato, audiovisual, entre outras.

Dentro do prazo de vigência, a Secult poderá firmar o contrato com os artistas, observada as regras relativas à ordem de classificação de acordo com o Processo de Credenciamento nº 5626/2020-1. Mais informações podem ser obtidas por meio dos telefones 4232-1237, 4232-1294 ou e-mail: cultura@saocaetanodosul.sp.gov.br.

Deixe uma resposta